Sessão BizaRock

SESSÃO BIZAROCK

Terror, bizarrices e muito Rock N' Roll na nossa sessão BizaRock! Clique na imagem e confira!

Slide # 2

COMO TIRAR FOTOS DE FANTASMAS

Quer saber como capturar um fantasma em foto? Leia o nosso guia e aprenda!

Slide # 3

SAD SATAN, O JOGO DEMONÍACO DA DEEP WEB

Conheça o jogo Sad Satan, um game apavorante que surgiu na Deep Web e está deixando os internautas de cabelo em pé.

Slide # 4

SANATÓRIO DE WAVERLY HILLS

Conheça o assombrado sanatório de Waverly Hills, alvo de investigações e motivo de pavor para muitos americanos.

Slide # 5

SESSÃO BY CLAIRE THOUSAND'S

Leia contos, creepypastas e outros trabalhos de autoria da autora do blog.

terça-feira, 22 de maio de 2012

50, Berkeley Square - Londres, UK


Esta praça de Londres, muito conhecida pela música “A Nightingale Sang in Berkeley Square”, é também o lar da casa mais assombrada de Londres! O número 50 da praça Berkeley é o lar de um grande número de fantasmas, sendo o mais antigo deles o de uma menina que foi assassinada nos anos 1700 por um criado sádico. Ela é freqüentemente vista no último andar chorando e torcendo as próprias mãos em desespero.

Outra mulher, tentando escapar de seu tio, caiu de uma janela. O seu fantasma é muitas vezes visto pendurado em um peitoril da janela.

Enquanto a casa esteve vazia nos anos 1870, os vizinhos ouviam numerosos gritos e gemidos oriundos vindo da casa. Eles também ouviam móveis se movendo, campainhas tocando e janelas batendo. Anos depois, a casa foi ocupada por um Sr. Dupre, que trancava seu irmão louco em um quarto no último andar. Ele alimentava o irmão insano por uma abertura especial na porta. Este é o quarto que se diz ser o centro da assombração.

O número 50 da Berkeley Square atualmente. (Imagem retirada do Google Maps)

Atualmente a casa abriga uma livraria. Estranhas ocorrências foram observadas por todos os funcionários da loja. O último andar é mantido trancado o tempo todo e ninguém tem permissão para entrar nele.

Tenha bons sonhos, se puder...

0 comentarios:

Postar um comentário