Sessão BizaRock

SESSÃO BIZAROCK

Terror, bizarrices e muito Rock N' Roll na nossa sessão BizaRock! Clique na imagem e confira!

Slide # 2

COMO TIRAR FOTOS DE FANTASMAS

Quer saber como capturar um fantasma em foto? Leia o nosso guia e aprenda!

Slide # 3

SAD SATAN, O JOGO DEMONÍACO DA DEEP WEB

Conheça o jogo Sad Satan, um game apavorante que surgiu na Deep Web e está deixando os internautas de cabelo em pé.

Slide # 4

SANATÓRIO DE WAVERLY HILLS

Conheça o assombrado sanatório de Waverly Hills, alvo de investigações e motivo de pavor para muitos americanos.

Slide # 5

SESSÃO BY CLAIRE THOUSAND'S

Leia contos, creepypastas e outros trabalhos de autoria da autora do blog.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

A Casa das Irmas Fox


As Irmãs Fox foram três mulheres que, nos Estados Unidos da América tiveram um importante papel na gênese do Moderno Espiritualismo Ocidental. As irmãs eram Katherine "Kate" Fox(1837–1892), Leah Fox (1814–1890) e Margaret "Maggie" Fox (1833–1893). A pequena casa das Irmãs Fox é sem dúvida uma das casas mal-assombradas mais importantes de todas, visto que o fenômeno serviu de base para outros casos de assombrações e até lançou uma religião.

As irmãs Fox. Da esquerda para a direita: Margaret, Kate e Leah.

Em 11 de dezembro de 1847, a família Fox, de origem canadense, instalou-se em uma casa modesta na povoação de Hydesville, no estado de Nova Iorque, distante cerca de trinta quilômetros da cidade de Rochester.

O grupo compunha-se do chefe da família, Sr. John D. Fox, da esposa Sra. Margareth Fox e de mais duas filhas: Kate, com 11 e Margareth, com 14 anos de idade. O casal possuía mais filhos e filhas. Entre estas, Leah, mais velha, que morava em Rochester, onde lecionava música. Devido aos seus casamentos, foi sucessivamente conhecida como Sra. Fish, Sra. Brown e Sra. Underhill. Leah escreveria um livro, "The Missing Link" (New York, 1885), no qual faz referência às supostas faculdades paranormais de seus ancestrais.

Inicialmente, apenas Margareth e Kate tomaram parte nos acontecimentos. Posteriormente, Leah juntou-se a elas e teve participação ativa nos episódios subseqüentes ao de Hydesville.

A casa já seria tida como mal-assombrada devido aos estranhos barulhos ouvidos e os inquilinos anteriores, a família Weekman, teriam saído justamente por causa dos incômodos barulhos. Depois de algum tempo as duas jovens irmãs chamadas Maggie e Katie Fox supostamente começaram a comunicar com o fantasma de um vendedor assassinado. As irmãs, como em uma sessão de espiritismo amadora, teriam feito perguntas ao espírito, e ele as respondia com batidas ou barulhos misteriosos. Muitas pessoas, incluindo a mãe delas, ficaram impressionadas com o que parecia ser um contato verdadeiro com o morto. Mais tarde, as duas irmãs admitiram que inventavam os sons que não havia nenhum vendedor assassinado, tudo tinha sido uma travessura. Baseado na experiência de comunicação com os mortos através de sons, foi criado o Espiritualismo, que ainda é praticado.

Na edição de 23 de novembro de 1904 do Boston Journal foi notificada a descoberta do esqueleto de um homem, cujo espírito se supunha ter ocasionado os fenômenos na casa da família Fox em 1848. Alguns meninos de uma escola achavam-se brincando na adega da casa onde residiram os Fox, casa que tinha a fama de ser mal-assombrada. Em meio aos escombros de uma parede que existira na adega, os garotos encontraram as peças de um esqueleto humano.

Junto ao esqueleto foi achada uma lata de um produto costumeiro usado por mascates. Esta lata encontra-se agora em Lily Dale, na sede central regional dos Espiritualistas Americanos, para onde foi transportada da velha casa de Hydesville.

Tenha bons sonhos, se puder...

1 comentarios:

  1. Caramba!! Na moral galerz m
    iim fala que isso é mentira... rapaz eu ja tô infartando. Aii meu Deus tô morrendo,infartei aii meu Deus murri

    ResponderExcluir