Sessão BizaRock

SESSÃO BIZAROCK

Terror, bizarrices e muito Rock N' Roll na nossa sessão BizaRock! Clique na imagem e confira!

Slide # 2

COMO TIRAR FOTOS DE FANTASMAS

Quer saber como capturar um fantasma em foto? Leia o nosso guia e aprenda!

Slide # 3

SAD SATAN, O JOGO DEMONÍACO DA DEEP WEB

Conheça o jogo Sad Satan, um game apavorante que surgiu na Deep Web e está deixando os internautas de cabelo em pé.

Slide # 4

SANATÓRIO DE WAVERLY HILLS

Conheça o assombrado sanatório de Waverly Hills, alvo de investigações e motivo de pavor para muitos americanos.

Slide # 5

SESSÃO BY CLAIRE THOUSAND'S

Leia contos, creepypastas e outros trabalhos de autoria da autora do blog.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Sarah

- Quem é essa, mãe?
- Tom, que brincadeira sem-graça! Essa é Sarah, sua irmã...

A garotinha, que tinha um longo cabelo castanho-escuro cheio de cachos, me deu um sorriso.

- O Tom é tão engraçado mamãe!
- É... É isso! Eu só estava brincando.

Disse dando um risinho nervoso.
Muito bem, o que está acontecendo aqui?! Eu tenho certeza de que nunca tive uma irmã. Eu não me esqueceria de algo assim!

- Pois bem senhor engraçadinho - disse meu pai enquanto se dirigia para a porta - não se esqueça de que prometeu cuidar de Sarah enquanto eu e sua mãe saíamos hoje à noite - pensando bem só agora percebi que os dois estavam arrumados para sair.
- Não se preocupe, não me esqueci...
- Bom, então boa noite e quando chegarmos é bom estarem na cama viu?

Dito isto partiram.
Encarei a garotinha que devia ter pelo menos uns sete anos e disse:

- Já pode falar a verdade. Quem é você?
- Tom eu sou sua irmã! Você não pode ter se esquecido de mim!
- Quem é você?!
- Tom!

Ela estava com lágrimas nos olhos, mas eu não ia cair nessa...

- Você pode ter enganado meus pais, mas não vai me enganar! Quem...
- Tom - ela me interrompeu. Notei que suas lágrimas tinham desaparecido. Em seu rosto agora reinava um sorriso que me deu calafrios - eu já te enganei...

- Que?

- Doutor o que aconteceu com este garoto, digo, o novo paciente?
- Aparentemente a mãe dele o encontrou sentado no chão encarando a parede vazia. Por mais que ela tentasse conversar com ele, ele não respondia. Preocupada com seu único filho ela o trouxe aqui.
- Pobre garoto...
- Sim... Ah, meu horário acabou estou indo para casa. Qualquer problema me ligue.
- Pode deixar. Tchau.
- Tchau.

Cheguei em casa e chamei minha esposa.

- Querida?
- Aqui na sala!

Entrei na sala e dei-lhe um beijo. Só então percebi que ela tinha companhia.

- Querida quem é essa?
- Amor, que brincadeira sem-graça! Essa é Sarah, nossa filha...

Fonte: Creepypasta Brasil

Tenha bons sonhos, se puder...

0 comentarios:

Postar um comentário