Sessão BizaRock

SESSÃO BIZAROCK

Terror, bizarrices e muito Rock N' Roll na nossa sessão BizaRock! Clique na imagem e confira!

Slide # 2

COMO TIRAR FOTOS DE FANTASMAS

Quer saber como capturar um fantasma em foto? Leia o nosso guia e aprenda!

Slide # 3

SAD SATAN, O JOGO DEMONÍACO DA DEEP WEB

Conheça o jogo Sad Satan, um game apavorante que surgiu na Deep Web e está deixando os internautas de cabelo em pé.

Slide # 4

SANATÓRIO DE WAVERLY HILLS

Conheça o assombrado sanatório de Waverly Hills, alvo de investigações e motivo de pavor para muitos americanos.

Slide # 5

SESSÃO BY CLAIRE THOUSAND'S

Leia contos, creepypastas e outros trabalhos de autoria da autora do blog.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Mensagem subliminar no navegador Mozilla Firefox

Podem fazer o teste que isso realmente é verdade.

Nos navegadores Mozilla Firefox, Netscape e Seamonkey se você digitar na barra de endereços “about:mozilla” a tela fica vermelha e com um pequeno texto como se fosse uma passagem da Bíblia. Mas na verdade é uma passagem do “Livro de Mozilla”. Aparece o seguinte texto:

Mamon adormeceu. E o renascimento da criatura disseminou-se pela terra e seus seguidores tornaram-se exércitos. E eles apregoaram a mensagem e sacrificaram lavouras com fogo, com a astúcia das raposas. E eles criaram um novo mundo à sua imagem e semelhança conforme prometido pelo texto sagrado e contaram da criatura para suas crianças. Mamon despertou e, veja só, nada mais era do que um discípulo. De O Livro de Mozilla, 11:9 (10ª edição)

Em outras edições do mozilla também aparece essa mensagem:

Por fim, a criatura sucumbiu e os infiéis regozijaram-se. Porém nem tudo fora destruído, pois das cinzas ergueu-se um imponente pássaro. O pássaro mirou os infiéis e lançou sobre eles o fogo e o trovão. A criatura renascera com forças renovadas e os discípulos de Mamon encolheram-se horrorizados. de O Livro de Mozilla, 7:15

Estariam os navegadores escondendo alguma profecia? Teriam eles algum pacto? Será que existe realmente o Livro de Mozilla? A verdade é que Mamon, em algumas culturas ligadas a religião católica é o filho de Satã. Por isso surgiu a lenda do pacto. Entretanto há quem diga que a passagem se refere a Microsoft e que Mamon seria a empresa de Bill Gates.

Na verdade, isso é apenas um Easter Egg criado pela própria empresa. Não existe nenhum livro com o título The Book of Mozilla na realidade. Entretanto, suas passagens são semelhantes ao livro do Apocalipse, da Bíblia. Há cinco versões oficiais dos textos (oficiais porque há versões falsas) e demonstram fatos importantes da história da Mozilla Foundation, trocando nomes e utilizando parábolas. A ordem dos cápitulos e versículos mostrados por ordem da versão são: 12:10, 3:31, 7:15, 11:1 e 11:9.

Em 10 de maio de 1998, Jamie "JWZ" Zawinski mudou o verso de O Livro de Mozilla em razão de a Netscape ter disponibilizado o código fonte de seu navegador como open source e iniciado o Projeto Mozilla. O verso foi incluído em todas as versões até Outubro de 1998, quando uma modificação no código do Mozilla fez com que o easter egg fosse perdido. Em 5 de fevereiro de 2000, Ben Goodger, trabalhando para a Netscape, copiou O Livro de Mozilla para o novo código. Ele foi incluído em todas as versões subsequentes do Mozilla (até a introdução do verso 7:15).

O verso apresentado é o seguinte:

E a besta formará uma legião. Seu número será maior mil vezes mil . O barulho de um milhão de teclados semelhante a uma grande tempestade cobrirá a terra, e os seguidores de Mammon tremerão.

de O Livro de Mozilla, 3:31
(Red Letter Edition)


Na página http://www.mozilla.org/book/ estão todas as edições do suposto Livro de Mozilla.
Devemos concordar que isso é uma curiosidade bem bizarra, não?

Tenha bons sonhos, se puder...

0 comentarios:

Postar um comentário