Sessão BizaRock

SESSÃO BIZAROCK

Terror, bizarrices e muito Rock N' Roll na nossa sessão BizaRock! Clique na imagem e confira!

Slide # 2

COMO TIRAR FOTOS DE FANTASMAS

Quer saber como capturar um fantasma em foto? Leia o nosso guia e aprenda!

Slide # 3

SAD SATAN, O JOGO DEMONÍACO DA DEEP WEB

Conheça o jogo Sad Satan, um game apavorante que surgiu na Deep Web e está deixando os internautas de cabelo em pé.

Slide # 4

SANATÓRIO DE WAVERLY HILLS

Conheça o assombrado sanatório de Waverly Hills, alvo de investigações e motivo de pavor para muitos americanos.

Slide # 5

SESSÃO BY CLAIRE THOUSAND'S

Leia contos, creepypastas e outros trabalhos de autoria da autora do blog.

domingo, 22 de abril de 2012

A História das Bruxas


Sempre que se fala em "bruxa", logo se imagina uma senhora caquética, com nariz grande e verruga na ponta, com um olhar maligno e risada macabra. As bruxas seriam pessoas invejosas, cujo principal objetivo de vida seria fazer feitiços contra todos, sendo seu alvo principal lindas donzelas virgens de aparência imaculada.

Mas a história verdadeira é muito, muito diferente. Na verdade, as bruxas eram lindas mulheres, atraentes, sábias detentoras de conhecimentos sobre a natureza e, possivelmente, magia. Dominavam o uso medicinal das plantas. Eram enfim, verdadeiras cientistas fêmeas, sendo que à época de sua existência, não havia divisão entre a ciência e a fé. Eram uma coisa só.

As pessoas comuns hoje acreditam que havia bruxas boas e más, dividindo-as entre as que praticavam a magia branca e a magia negra. Essa idéia não faz nenhum sentido, pois sua crença não se fundamentava na existência do bem e do mal. Para as bruxas, toda magia era cinza.

A igreja, na idade média, se tornou muito poderosa e importante nos aspectos políticos, econômicos e sociais. Com esse enorme "poder", o cristianismo se espalhou intensivamente, convertendo ou acabando com seguidores de outras religiões. Nessa época, os bruxos e bruxas eram chamados de "adoradores do diabo" e quem praticava qualquer tipo de religião a não ser o cristianismo, era executado, e nem sempre precisavam de provas concretas para a execução, e quem denunciava seguidores de outras religiões era muito bem recompensado.

As bruxas foram implacavelmente caçadas durante a inquisição na Idade Média. Um dos métodos usados pelos inquisidores para identificar uma bruxa nos julgamentos do "santo ofício" consistia na comparação do peso da ré com o peso de uma bíblia gigante. Aquelas que fossem mais leves eram consideradas bruxas, pois dizia-se que as bruxas adquiriam uma leveza sobrenatural.

O motivo pelo qual a igreja caçava as bruxas é bastante óbvio. Ora, que sociedade patriarcal toleraria mulheres independentes, inteligentes, donas de terras e de seus narizes? Alguma mentira tinha que ser inventada com o objetivo de pôr fim ao "mau exemplo".

Imagem de uma praticante de magia, chamada "bruxa", na idade média.

As bruxas que viviam nessa época tinham que optar a ter instrumentos ocultos para não serem descobertas, entre eles a colher de pau, panelas grandes e outros utensílios de cozinha. Quando as mulheres recebiam uma acusação, eram torturadas até assumirem, e muitas se entregavam sem mesmo praticar a arte.

Assim, a igreja cometeu um verdadeiro genocídio, um verdadeiro holocausto, pois as bruxas eram torturadas e queimadas vivas, motivado por intolerância religiosa e de gênero.

Hoje em dia, o poder do tribunal da inquisição, que condenava as bruxas, não é mais praticado, porém deixou seus rastros para a humanidade. A discriminação em relação as bruxas ainda continua, pois são sempre vistas como praticante do mal, o que não é verdade.

Tenha bons sonhos, se puder...

6 comentarios:

  1. Muito bom seu Blog, continue assim. Obs: História muito boa, obrigado pela informação.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, eu sou wiccana, sou uma bruxa.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom o post, sempre fui muito ligada em bruxas, adoro tudo sobre! parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  4. Um amigo meu faz essas meditações e acredita ser um bruxo, ele me contou essa história, ele tem livros e livros sobre isso, é muito interessante !

    ResponderExcluir