Sessão BizaRock

SESSÃO BIZAROCK

Terror, bizarrices e muito Rock N' Roll na nossa sessão BizaRock! Clique na imagem e confira!

Slide # 2

COMO TIRAR FOTOS DE FANTASMAS

Quer saber como capturar um fantasma em foto? Leia o nosso guia e aprenda!

Slide # 3

SAD SATAN, O JOGO DEMONÍACO DA DEEP WEB

Conheça o jogo Sad Satan, um game apavorante que surgiu na Deep Web e está deixando os internautas de cabelo em pé.

Slide # 4

SANATÓRIO DE WAVERLY HILLS

Conheça o assombrado sanatório de Waverly Hills, alvo de investigações e motivo de pavor para muitos americanos.

Slide # 5

SESSÃO BY CLAIRE THOUSAND'S

Leia contos, creepypastas e outros trabalhos de autoria da autora do blog.

domingo, 2 de agosto de 2015

Segredos por trás de Donkey Kong Country


Atenção, pessoal. Esse é mais um post da sessão "destruindo infâncias".

"Corrupted ROM" (não encontrei um termo em português para isso) é uma técnica muito interessante para que os jogadores possam modificar um game. Basicamente, a técnica envolve mexer nos dados de um jogo utilizando diversas ferramentas, e pode ser útil para descobrir a forma como o jogo funciona ou mesmo modificá-lo a sua maneira, como é o caso dos vários MODs de GTA San Andreas, por exemplo.

Certo dia, o YouTuber mystman12 decidiu corromper o Donkey Kong Country, do SNES. O que ele não esperava, no entanto, é que o game se transformaria em um jogo de horror, com direito a trilha sonora bizarra e distorcida.

E não para por aí. Além da música, a animação inicial se torna muito mais macabra. O pior de tudo, é quando você entra no gameplay em si. Além dos glitches no cenário, quando seu personagem morre, ele é enviado para uma fase escura, como as cavernas escondidas no próprio jogo, e dentro de uma delas você encontra nada mais, nada menos do que o cadáver de Diddy Kong. Isso mesmo, você não leu errado. Há um glitch em que um único frame da animação da morte de Diddy fica em um ponto da caverna, aliás, aparentemente colocado de propósito alí.

Assista abaixo ao vídeo que o Youtuber fez e tire suas próprias conclusões:


Adaptado de: Kotaku

Tenha bons sonhos, se puder...

0 comentarios:

Postar um comentário